Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - Mapas culturais: o caminho na palma da mão
Mapas culturais: o caminho na palma da mão

13/05/2016 16:28h

Mapas culturais: o caminho na palma da mão

Estados e municípios de todo o Brasil poderão cadastrar eventos e espaços culturais do setor público

Um aplicativo que permite que qualquer pessoa encontre informações sobre eventos e espaços culturais do setor público e da sociedade civil. Esse é o conceito do aplicativo para celulares Mapas Culturais, resultado de uma parceria entre o Ministério da Cultura (MinC), Prefeitura de São Paulo e a iniciativa privada. Além dos dados do SNIIC, a ferramenta já oferece roteiros de estados e municípios que possuem instalações próprias do software livre Mapas Culturais (sistema base do SNIIC), mas há ideia de que seja expandido para todo o Brasil nos próximos meses.

Na ferramenta, o usuário encontra um menu para selecionar qual base de dados será visualizada. Ao selecionar as opções de municípios ou estados, encontrará a agenda que secretarias e fundações de cultura estão alimentando, com a colaboração da sociedade. Ao selecionar o SNIIC, consegue buscar, entre as informações, atividades relacionados aos mais de 6 mil bibliotecas e museus de todo o Brasil ou da Rede Cultura Viva.

Para o secretário de Políticas Culturais do MinC, Guilherme Varella, os Mapas Culturais são um importante passo para disponibilizar tecnologias que qualifiquem a gestão da informação cultural. "Vamos oferecer, a partir de junho, um pacote de soluções para os estados e municípios que aderiram ao Sistema Nacional de Cultura (SNC). Esse pacote inclui uma plataforma de mapeamento, este aplicativo do celular e um site de programação cultural. Por se tratar de um software livre, os estados e municípios que já possuem seus próprios sistemas também poderão personalizar o aplicativo", adianta Varella.

Para o coordenador-geral de Monitoramento de Informações da Secretaria de Políticas Culturais, Leonardo Germani, a iniciativa potencializa os mapeamentos do setor cultural. "Entendemos que um cadastro, para ser vivo, tem que ter utilidade. A comunicação e a divulgação de espaços e eventos é um grande incentivo para que as pessoas utilizem essa plataforma", observa Germani.

Sobre o Mapas Culturais- O software livre para mapeamento colaborativo e gestão cultural foi lançado em 2013, tendo como primeiro parceiro do setor público a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo. Na sequência, outros estados e municípios aderiram: municípios de Blumenau, São José dos Campos, João Pessoa, Sobral, São Paulo, Belo Horizonte e estados de São Paulo, Tocantins, Ceará, Mato Grosso e Rio Grande do Sul. Em 2015, o SNIIC também adotou o software como base do sistema e desde então, uma série de melhorias tem sido desenvolvidas para que o Ministério da Cultura ofereça a solução a todos os municípios e estados brasileiros.

Serviço:

Link para download do aplicativo para Android (Versões para iPhone e Windows phone serão publicadas em breve)

Link para o SNIIC

Link para código fonte do aplicativo

Via Ministério da Cultura