Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - Bancada Digital da Alep é oficialmente criada
Bancada Digital da Alep é oficialmente criada

08/12/2016 17:02h

Bancada Digital da Alep é oficialmente criada

O objetivo da bancada é criar uma mediação política entre o Governo do Estado, empresários e universidades

Está criada oficialmente, na Assembleia, desde a manhã desta quarta-feira feira (7) , a Frente Parlamentar de Tecnologia da Informação e Comunicação, ou a Bancada Digital, como já está sendo chamada. O lançamento foi no auditório legislativo e teve a participação de representantes da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia (Assespro), Companhia de Informática do Paraná (Celepar), Sebrae, Fiep, dos Arranjos Produtivos Locais (APLs), da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e de Comunicação, além dos parlamentares, coordenados pelo deputado Guto Silva (PSD). O objetivo, segundo Guto, é, a partir da Frente, criar o que ele chama de governança, uma espécie de articulação, mediação política, entre o Governo do Estado, empresários e universidades.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes adiantou que ainda esta semana vai ser instalado o Conselho dos Parques Tecnológicos do Paraná, que é formado justamente por Governo, setor produtivo e universidades. Elogiou a iniciativa da Assembleia, que ele acredita: será fundamental para que políticas públicas para o setor avancem.

O setor de tecnologia no Paraná está entre os cinco maiores do país, ao lado de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. De acordo com a Assespro, o estado sobe para a primeira posição quando o assunto é a qualificação do processo de melhoria de software, tendo ultrapassado o paulista em 2016. driano Krzyuy (kicheven), vice-presidente de articulação política da Associação, diz que ter uma bancada digital na Assembleia representa um grande marco para o setor de tecnologia. Estar entre as bandeiras defendidas pelos deputados estaduais era, segundo ele, um desejo antigo dos empresários.

O Paraná gera mais de 20 mil empregos diretos no setor e pelo menos 40 mil indiretos. Possui polos em diversas partes do estado: Londrina, Ponta Grossa, Pato Branco, Foz do Iguaçu, distribuídos de forma harmônica nas regiões. Portanto, era necessária a criação de uma articulação política para que se possa avançar ainda mais. O objetivo é, com isso, reforça Guto Silva, tornar o Paraná uma referencia na indústria de tecnologia. Defender o setor significa melhorar o acesso ao crédito, elaborar projetos que beneficiem o setor e trabalhar para não aprovar propostas que que prejudiquem os empresários.

Entre os integrantes da Frente estão o presidente da Casa, deputado Ademar Traiano (PSDB) e o primeiro secretário, Plauto Miró (DEM).

Via Assembleia Legislativa do Paraná