Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - Prefeitura de Embu das Artes cria Cartão Cidadão
Prefeitura de Embu das Artes cria Cartão Cidadão

11/10/2017 11:30h

Prefeitura de Embu das Artes cria Cartão Cidadão

Projeto, que promete economia e mais recursos, será exigido para uma série de serviços

Foi lançado na noite desta segunda-feira (9), em Embu das Artes (SP), o Cartão Cidadão Embuense. O evento reuniu munícipes, servidores, secretários, vereadores e empresários de Embu das Artes inseridos no programa de Clube de Vantagens, um dos benefícios do cartão. Classificado pelos seus idealizadores, o secretário de Gestão Tecnológica e Comunicação, Jones Donizete, e prefeito Ney Santos, como um “projeto ousado e de muita coragem”, o Cartão Cidadão promete maior organização de gestão pública e melhorias nos serviços de saúde, educação, cidadania, transporte inteligente e diálogo com o governo.

Com a proposta de otimização dos recursos para agilizar os atendimentos nos serviços públicos, tendo acesso aos dados cadastrais de toda a população embuense, o Cartão Cidadão Embuense foi implantado por “menos burocracia”, como principais benefícios utilizando um documento único, fornecendo informatização dos serviços municipais; disponibilização dos serviços online; solicitação dos serviços públicos; praticidade no atendimento da saúde; agendamento de consultas médicas; agendamento e resultados de exames; integração no transporte público; rapidez nos programas sociais; cidade mais segura; participação nas atividades de esporte; inclusão nos programas de capacitação; descontos no comércio local (Clube de Vantagens) e Gestão de Recursos Públicos.

O prefeito Ney Santos discursou em tom empolgante, afirmando que o Cartão Cidadão Embuense se trata de um plano ambicioso e polêmico, mas que tem tudo para dar certo. “Nosso objetivo é reorganizar a cidade sem ter medo de nos acovardar, colocando nossas propostas e projetos em prática. Com a implantação do Cartão Cidadão, vamos economizar os recursos, aproximadamente R$ 1 milhão nos serviços de saúde e R$ 800 mil nos serviços sociais, por ano. A população vai entender a importância do Cartão Cidadão”, disse o prefeito.

Ney Santos garante que a população não será obrigada a se cadastrar no Cartão Cidadão Embuense e que nenhum serviço público será negado, mas ele será exigido para uma série de serviços, como agendamento de exames, consultas médicas em UBS’s, retirada de medicamentos, entre outros. “Vamos cadastrar os moradores em seis meses, mas o importante é que todos tenham o Cartão Cidadão para não virar uma bagunça. Mais de 15% do total de atendimento da saúde são de pessoas não moram no Embu. Com o uso do cartão, tudo será controlado e a população de Embu das Artes será prioridade”, enfatizou o prefeito.

As secretarias de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social serão as mais impactadas pelo projeto. Para a secretária de Desenvolvimento Social, Roberta Santos, o processo de agilidade do Cartão Cidadão dará mais qualidade nos atendimentos sociais. “São cerca de 15% de pessoas que moram em outras cidades que utilizam serviços de alimentação, auxílio funerário, natalidade, fraldas, óculos e outros serviços sociais. Isso dará quase R$ 1 milhão de benefícios para quem reside em Embu das Artes”, disse.

O secretário de Saúde, José Alberto Tarifa, destaca a implantação do cartão como projeto de modernidade, que tará mais otimização de recursos na saúde. “O maior problema hoje é encontrado na saúde. Tudo será disponibilizado facilmente com o agendamento de consultas online e resultados de exames”, falou o secretário.

Um dos benefícios do Cartão Cidadão Embuense será a localização e a identificação de crianças nas salas de aula da rede municipal de ensino, onde os pais de alunos terão acesso a alguns serviços, sendo o principal deles o recebimento de uma mensagem de texto via SMS confirmando informações de frequência escolar dos filhos. “Tudo será enviado no celular do pai ou da mãe, a criança não poderá mais ‘cabular’ “, disse o secretário de Gestão Tecnológica e Comunicação, Jones Donizete. “O projeto é ousado, esse é um novo conceito de gestão com o DNA do prefeito Ney Santos”, disse Pedro Ângelo, secretário de Educação.

Representando os empresários do município, o presidente do Conselho Empresarial de Embu das Artes e proprietário da rede de padarias Belas Artes, Adalberto Camelo, destacou o Clube de Vantagens, que deve ser um dos principais programas de descontos e benefícios em estabelecimentos comerciais fornecidos pelo Cartão Cidadão Embuense. “Praticamente, para nós empresários, servirá de marketing gratuito. Todos irão ganhar com isso, o consumidor, o empreendedor e a prefeitura”, disse.

O Secretário de Gestão Tecnológica e Comunicação, Jones Donizete, comunicou sobre o aplicativo que estará disponível nos próximos dias que auxiliará nas informações gerais do município de interesse da população. “Mais de 300 serviços serão utilizados por moradores que possuírem o cartão, tendo como número chamado de Registro Municipal. Serão fornecidas diversas informações. O morador cadastrado no cartão poderá tirar a foto de um buraco na rua ou de uma lâmpada queimada e enviar diretamente para o setor responsável”, falou o secretário.

O cadastro de dados para o Cartão Cidadão Embunse começa a ser feito no próximo dia 23, para os servidores municipais, nas escolas Professora Valdelice Prass, Paulo Freire e Elza Marreiro.

Todas as informações do Cartão Cidadão Embuense estão disponíveis no site http://cidadeembudasartes.sp.gov.br/embu/portal/cartaocidadao.

Via Primeiro Notícias