Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - Terminal Rodoviário em Niterói já conta com internet gratuita
Terminal Rodoviário em Niterói já conta com internet gratuita

11/01/2018 11:57h

Terminal Rodoviário em Niterói já conta com internet gratuita

Cobertura wireless permite a conexão simultânea de até 30 mil usuários

Quem utiliza o Terminal Rodoviário João Goulart, no Centro de Niterói (RJ), já pode usar internet de graça. A Teroni, concessionária responsável pela administração do terminal, terá em toda a área interna e externa cobertura wireless. Inicialmente o sistema permite a conexão simultânea de até 30 mil usuários, com possibilidade de aumento, de acordo com o crescimento da demanda.

De acordo com Rogério Aguiar, superintendente de Terminais de Niterói, o objetivo é dar mais conforto e comodidade para os usuários do terminal.

“O projeto está em fase inicial, mas a demanda será aumentada de acordo com o número de usuários. O importante é destacar que a prefeitura não está gastando com a iniciativa”, ressaltou Aguiar.

O serviço que é gratuito foi liberado pela Prefeitura de Niterói, através da Superintendência de Terminais e Estacionamentos de Niterói (Suten).

Para o usuário ter acesso ao wi-fi, basta acessar no seu aparelho o WIFIGRATISTERMINALTERONI e inserir os dados do usuário na tela de cadastro do seu smartphone, tablet ou computador, para navegar gratuitamente. O usuário vai poder ficar conectado por um período de 30 minutos e, após esse tempo, a conexão deverá ser reiniciada.

Usuários já comemoram a medida, que poderá ser útil para quem depende do transporte público.

“Realmente será um benefício para quem passa pelo terminal todos os dias. Meu ônibus demora para sair, e vou poder esperar enquanto navego na internet. Isso sem contar que as pessoas poderão acompanhar a saída dos coletivos, que dispõem de tal informação na internet e também acompanhar o tempo, informações que são muito válidas para quem depende do transporte público”, comentou a vendedora Vera Lúcia, que mora na Cova da Onça, e utiliza o coletivo 67, que faz o trajeto, Cova da Onça x Centro.

Desde dezembro, quando o serviço foi lançado como teste, foram cadastrados cerca de 150 mil usuários. A meta da prefeitura é que até o fim de 2018 o sistema atinja a marca de 1 milhão de acessos.

Via O Fluminense