Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - Mais de 2 mil municípios se inscreveram no Internet para Todos
Mais de 2 mil municípios se inscreveram no Internet para Todos

12/03/2018 15:59h

Mais de 2 mil municípios se inscreveram no Internet para Todos

Prefeitos assinarão em Brasília termo de adesão que define a infraestrutura básica e as condições para participação do programa

(Foto: Pixabay)

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) divulgou nesta quarta-feira, 7, que programa Internet para Todos já tem 2.053 cidades aptas para assinar o termo de adesão. Este número foi divulgado pela Secretaria de Telecomunicações do MCTIC no final da tarde, com base no registro do sistema de inscrição do programa. Segundo a pasta, no entanto, essa quantidade de municípios habilitados pode ser acrescida em mais de 350, já que 2.408 cidades manifestaram interesse em participar do Internet para Todos.

Conforme o ministro Gilberto Kassab já havia antecipado, na próxima segunda-feira, 12, os prefeitos desses municípios deverão assinar em Brasília o termo de adesão. A cerimônia de assinatura será realizada no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), a partir das 15h.

De acordo com o MCTIC, o termo de adesão define a infraestrutura básica e as condições para a participação dos municípios no Internet para Todos. As prefeituras indicaram as localidades passíveis de atendimento, que receberão antenas para a distribuição do sinal de Internet. Além de garantir a segurança da área, a prefeitura também arcará com as despesas de energia elétrica que esses equipamentos consumirem.

O Internet para Todos não oferecerá conexão gratuita para os moradores dessas localidades, mas ofertará conexão a preços reduzidos. Os municípios beneficiados nesta primeira fase começarão a receber as antenas a partir do mês de maio, e a expectativa é que sejam instaladas 200 antenas por dia.

A conexão do programa será feita por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), de propriedade do governo brasileiro e que recebeu R$ 3 bilhões em investimentos. Em órbita desde maio de 2017, o satélite tem vida útil de 18 anos. Além dos convênios com as prefeituras, o MCTIC já firmou parcerias com o Ministério da Defesa, para garantir o monitoramento de 100% das fronteiras brasileiras, ampliando as ações de combate ao tráfico de armas e drogas; com o Ministério da Educação, para levar banda larga para todas as escolas públicas do país, sendo que 7 mil serão beneficiadas já em 2018; e com o Ministério da Saúde, para implantar Internet em hospitais e postos de saúde.

Via: Teletime