Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - Licenciamento ambiental pode ser solicitado pela internet
Licenciamento ambiental pode ser solicitado pela internet

23/05/2018 14:59h

Licenciamento ambiental pode ser solicitado pela internet

Ferramenta melhora o controle ambiental sobre as atividades desenvolvidas por empreendimentos públicos e privados

(Foto: Pixabay)

A partir desta quarta-feira (23) os municípios de Ponta Grossa e Guarapuava podem receber as solicitações de licenciamento ambiental pela internet. O avanço é possível graças ao repasse do Sistema de Gestão Ambiental (SGA) desenvolvido pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e parceria público-privada.

A ferramenta é utilizada pelo instituto desde 2014 e já apresenta uma redução de 60% do tempo de espera pela emissão de um documento, e a previsão é que se reduza ainda mais. “Ele é fundamental para o projeto de desburocratização do Governo, pois permite mais agilidade, transparência e padronização de procedimentos na instituição”, afirmou o presidente do IAP, Paulino Mexia. Segundo ele, por isso a sua aceitação entre os municípios descentralizados é extremamente importante, pois melhora o controle ambiental sobre as atividades desenvolvidas por empreendimentos públicos e privados.

GUARAPUAVA

Para disponibilização gratuita às prefeituras, o SGA passou por uma fase de testes e homologação com as esferas estaduais e municipais. O trabalho consiste em realização de testes e inclusão de normativas e parâmetros municipais para que gradativamente ele substitua o Sistema de Informações Ambientais (SIA) que também é utilizado por alguns municípios.

“Existem algumas atividades que não necessitam de licenciamento ambiental pela legislação estadual, porém no município é necessário, como é o caso de lava-carros. Por isso, também trabalhamos para incluir nossas normas e leis de maneira que todas as atividades licenciadas e monitoradas por nós pudessem ser atendidas pelo SGA”, disse o secretário municipal de meio ambiente de Guarapuava, Celso Araújo.

Ele conta que, para adotar a ferramenta também foi importante trabalhar dentro da esfera municipal para que fossem criadas normas e procedimentos junto ao Conselho Municipal de Meio Ambiente para que os licenciamentos pudessem ser solicitados pela internet. “Antes os usuários precisavam ir até a prefeitura, agora tudo pode ser feito pela internet, o que facilita a vida do usuário e nossa porque solicitações de documentos e de complementações também podem ser feitas através do sistema, sem precisar de ofícios e correspondências”, disse.

PONTA GROSSA

A prefeitura de Ponta Grossa, que utiliza sistema próprio, irá passar por um período de transição para adoção total do sistema. A migração dos processos de licenciamento para o SGA deverá ocorrer até dia 1º de junho.

“Vamos informar os empreendimentos quanto à disponibilização do SGA para que todos possam fazer a transição com calma e tranquilidade. A adoção do sistema vai nos garantir maior segurança ambiental durante as análises do licenciamento”, disse Paulo Barros, secretário municipal de Meio Ambiente do município.

Com o avanço, os demais municípios que estão descentralizados ambientalmente, e tiverem o interesse, podem solicitar ao IAP o sistema que será fornecido gratuitamente.

SISTEMA

A ferramenta permite ao Governo do Estado aperfeiçoar a gestão ambiental e o planejamento de políticas públicas para o desenvolvimento sustentável, já que com a integração de dados é possível produzir relatórios sobre o uso de recursos naturais e emissão de poluentes. Ela trabalha com a integração de dados georreferenciados, leis, normas e padrões ambientais atualizados, que integram informações do licenciamento, monitoramento e fiscalização ambiental.

Mesmo após seu lançamento, o sistema passa por constantes processos de melhorias e aprimoramento, ampliando seu uso para diversos grupos de atividades desenvolvidas pelos empreendimentos. O que o torna mais completo e transparente para obter informações e dispensas de licenciamento ambiental.

O SGA é uma versão mais atualizada e que substituirá, gradativamente, o Sistema de Informação Ambiental (SIA), que oferece informações e procedimentos mais limitados.

TRANSPARÊNCIA

O sistema também possibilita acesso e acompanhamento das ações do IAP por parte dos órgãos de controle. Serão fornecidas senhas de acesso e capacitação a órgãos de fiscalização do poder público, como Controladoria Geral, Tribunal de Contas, entre outros.

O Ministério Público Estadual foi a primeira instituição de fiscalização que recebeu esse acesso e treinamento. Desde agosto do ano passado promotores de justiça do Patrimônio Público e de Proteção ao Meio Ambiente não têm mais a necessidade de encaminhar ofícios ao IAP solicitando informações sobre cada situação.

Via: Diário dos Campos