Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - PPP Piauí Conectado deve chegar a 96 municípios
PPP Piauí Conectado deve chegar a 96 municípios

05/06/2018 16:08h

PPP Piauí Conectado deve chegar a 96 municípios

Demandas da população terão aumento na capacidade de atendimento através de rede de fibra ótica

(Foto: Governo do Piauí/Jorge Bastos)

O Governo do Estado assina, nesta terça-feira (5), no Palácio de Karnak o contrato da PPP Piauí Conectado. Através dessa Parceria Público Privada, será viabilizada, por meio da rede de fibra ótica, a oferta de internet de maior qualidade aos órgãos da administração pública estadual, aumentando a capacidade de atendimento às demandas dos cidadãos e prestando serviços com mais eficiência e celeridade.

Essa PPP tem como objetivo a construção, operação e manutenção de infraestrutura de transporte de dados, voz e imagem, incluindo serviços associados para o governo do Estado do Piauí. Durante 30 anos, serão investidos pela concessionária R$ 211 milhões. Eestes, R$ 165.323.457,29 serão utilizados em obras nos dois primeiros anos de contrato para implantação de 5.000 quilômertos da rede de fibra ótica em todo o Estado e instalação de 1.500 pontos de internet.

Através do Piauí Conectado, 96 municípios serão atendidos diretamente pela rede de fibra ótica, o que permitirá o acesso à informação a aproximadamente 2,4 milhões de pessoas em todo o Piauí, o que corresponde a 80% da população.

Além de fornecer conectividade à administração pública do estado, o projeto prevê a instalação de pontos de acesso livre (hotzones) em todos os municípios abrangidos pelo projeto, garantindo o acesso da população à internet de qualidade e de forma gratuita. Com o sinal de comunicação digital instalado em praças e orlas, a população das cidades poderá se conectar à internet pelo sistema wi-fi.

O Governo do Estado conta hoje com 630 pontos de internet e paga R$ 7.090,00 por ponto. Com a PPP, o Estado terá 1.500 pontos de internet pagando R$ 2.788,04 por ponto. A PPP só é viável para o Estado, quando os custos são menores quando comparados a um contrato convencional de prestação de serviço.

A PPP Piauí Conectado proporcionará a universalização da Educação, através de metodologia de ensino padrão com o apoio de conteúdo digital e ensino a distância; modernização do atendimento à saúde, através de recurso de telemedicina, levando a todos os pontos do Estado os mesmos recursos na realização de consultas, exames e prevenções que os disponíveis na capital; melhoria da segurança pública através da prevenção e no combate à redução da criminalidade através de monitoramento, vídeo vigilância com utilização de Câmeras e Software; a adoção de melhores e mais eficientes sistemas, controles e softwares que permitam desburocratização e maior rapidez no atendimento das informações para a população e na maior eficiência do gerenciamento e controle do Estado, através de implantação de uma Rede Estadual de Telecomunicações que venha a dar a necessária sustentação e suporte.

O acesso à banda larga é um dos fatores preponderantes para acelerar o desenvolvimento social e econômico de um Estado, além de melhorar a qualidade de vida, gerar emprego com maior qualificação e incrementar o Produto Interno Bruto (PIB).

Essa PPP além de modernizar, significativamente, a forma de prestação de serviços do Estado, melhorará a qualidade da relação dos órgãos públicos com os cidadãos, garantindo, e, através da conectividade, ampliará o acesso à informação.

Via: Cidade Verde