Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - Prefeitura de Arapongas conecta secretarias e otimiza processos para reduzir custos
Prefeitura de Arapongas conecta secretarias e otimiza processos para reduzir custos

03/07/2018 14:39h

Prefeitura de Arapongas conecta secretarias e otimiza processos para reduzir custos

Rede sem fio ajuda habitantes no acesso à internet à serviços eletrônicos da Prefeitura

(Foto: Divulgação)

Requisito comum no Brasil, o acesso gratuito à rede Wi-Fi se tornou uma realidade na cidade de Arapongas, no interior do Paraná. Na cidade localizada a 380 quilômetros da capital Curitiba, os quase 120 mil habitantes passaram a ter condição de acesso à internet por meio de rede sem fio para explorar os serviços eletrônicos da Prefeitura.

A rede óptica que possibilita ao cidadão acesso gratuito à internet, é formada por um anel de 20 quilômetros e foi inaugurada em 2015, fornecendo conectividade a escolas, postos de saúde, além de todos os demais departamentos das Secretarias municipais.

Uma das principais mudanças foi a modernização do atendimento na saúde. "Não havia condição de implantar um sistema de prontuário eletrônico antes do projeto, por falta de infraestrutura adequada de rede", conta Vagner Mantovani, analista de TI da área de Projetos de Tecnologia da Informação.

"Hoje, qualquer médico da saúde pública tem acesso rápido ao histórico do paciente, melhorando e agilizando o atendimento", pontua. Com a integração das informações entre os postos de saúde e unidades de pronto atendimento, o médico tem acesso ao prontuário eletrônico e consegue entender melhor a vida clínica do paciente, chegando a um diagnóstico mais rápido e preciso. Também consegue entender a razão de uma consulta, se ela é reincidente, quais tratamentos e medicamentos um paciente já foi submetido, as principais queixas recentes, etc.

"Isso é muito importante para o paciente porque evita, por exemplo, que ele seja submetido a exames e tratamentos desnecessários e que algumas vezes são maléficos à saúde, como o Raio-X, por exemplo", cita o executivo. Além do que, as farmácias que participam da distribuição pública de remédios, foram integradas ao sistema, iniciativa que permite desde o controle de estoque até a distribuição de medicamentos em todo o município.

Com a modernidade de um prontuário eletrônico, o paciente também é beneficiado pois seu diagnóstico e tratamento se torna mais rápido. O médico, analisando o histórico do paciente, pode decidir não solicitar determinados exames que foram realizados recentemente o que, além de gerar economia ao município, vai agilizar o tratamento do paciente pois uma etapa poderá ser adiantada.

Escolas rurais, que antes não contavam com acesso à internet, mesmo tendo laboratórios de informática, foram conectadas e a gestão pública passou a ser totalmente integrada em Arapongas.

A Prefeitura coloca na área da educação a maior expectativa com o projeto. Agora que as escolas estão conectadas, o município passa por um processo de amadurecimento nesta área e estuda inovações pedagógicas, experimentadas durante visita ao Centro de Inovação da Cisco, no Rio de Janeiro.

O município vislumbra, por exemplo, implementar soluções que possibilitem tornar o ensino fundamental mais interativo, com acesso à conteúdo de qualquer lugar do mundo e até mesmo digitalizar as bibliotecas municipais. Gravar as aulas para que o aluno possa acessá-las mais tarde e revisar o conteúdo dado em sala ou também transmitir as aulas em tempo real aos alunos que eventualmente tenham que se ausentar temporariamente da escola por motivos de saúde. "Desta forma, com certeza, vamos prover uma educação de nível melhor, favorecendo uma melhor qualidade de vida à população", determina Mantovani.

À população, o benefício direto é a rede Wi-Fi gratuita que a Prefeitura começou a disponibilizar em outubro de 2017 em 70 pontos de Arapongas, nos principais parques, praças e espaços públicos.

Dimensionada para atender até 15 mil usuários simultaneamente ao longo do dia, com uma conexão de 3 megabits para download e 3 megabits de upload por pessoa, o Wi-Fi já conta com 2,8 mil cidadãos cadastrados e a expectativa é de que 15% da população se torne usuária ativa, cerca de 12 mil pessoas.

Segundo Mantovani, toda a área urbana está conectada, inclusive em bairros que não contam com infraestrutura de rede privada, garantindo a conexão a postos de saúde e escolas. O Wi-Fi alcança também a zona rural, onde os usuários contam com 5 megabits para download e 5 megabits para upload, qualidade maior justamente para compensar eventuais debilidades na rede da região, que recebe conectividade através de enlaces de rádio, a partir do anel óptico.

Via: TI Inside