Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - Prefeitura de Manaus lança sistemas para reduzir custos e ampliar a desburocratização
Prefeitura de Manaus lança sistemas para reduzir custos e ampliar a desburocratização

07/08/2018 14:03h

Prefeitura de Manaus lança sistemas para reduzir custos e ampliar a desburocratização

Entre as novidades, está o Sistema Municipal de Pagamento ao Fornecedor, no qual o prestador de serviço poderá acompanhar on-line o processo de pagamento

O prefeito Arthur Neto apresentou, na tarde de quarta-feira (1º), na sede da Casa Civil, no bairro Compensa, zona oeste da cidade, o 'Pacote de Modernidade', que visa reduzir custos administrativos e desburocratizar o sistema. De acordo com ele, a prefeitura tem uma "enorme preocupação com o ajuste fiscal". "É ele (ajuste) que nos permite fazer obras, salva Estado, a prefeitura e o País da falência. Estamos ajustados e é por isso que temos R$ 320 milhões para investir em obras de infraestrutura neste verão", destacou.

Arthur salientou, ainda, que o montante destinado às obras, só foi possível, graças as medidas que estão sendo tomadas em sua administração. "Com isso, fazemos Manaus avançar com o Comitê de Desburocratização que produziu tudo isso. Vai sumir o papel, vai diminuir o gasto com o combustível", explicou ele, se referindo ao Sistema Integrado de Gestão Eletrônica de Documentos (Siged), que passará a ser implantado em todas as secretarias e, anteriormente, era utilizado somente em quatro órgãos, além da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Segundo informações da prefeitura, até hoje, o sistema poupou o gasto de, pelo menos, sete milhões de folhas de papel, aproximadamente, 14 mil resmas. Uma das novidades apresentadas, foi o Sistema Municipal de Pagamento ao Fornecedor (Simpaf). A inteiração, totalmente virtual, permitirá mais transparência e modernidade nos trâmites de pagamento. "O fornecedor vai dar um clique e saberá o dia que está marcado o recebimento pelo trabalho dele. Vai ter tudo em seu devido lugar com o fim do favor. 'Deixa comigo que eu vou resolver'. Não tem que resolver nada, está tudo na internet, sem mais conversas, de maneira impessoal e pronto".

Outra novidade é o Geocadastro, novo sistema de informações geográficas da cidade. Por meio dele, será possível obter dados com mais agilidade sobre o cadastro e lançamento do Imposto Territorial Urbano (IPTU) e Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBO), por exemplo.

"Com certeza essas modernizações deixam a prefeitura desburocratizada, transparente e com mais eficiência. Esses sistemas vão permitir uma economia muito grande para os órgãos, sendo o Sistema de Gestão de Metas fundamental para o acompahamento das ações do nosso planejamento estratégico, tal como o Manaus 2030, projeto para os próximos 12 anos", comentou o secretário municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Lourival Praia.

Por fim, foi apresentado também a Geolocalização, plataforma que integra todas as secretarias municipais, na qual todos os órgãos poderão compartilhar informações geográficas e cadastrais de edifícios que estão sob gerência de cada um deles. "Os três sistemas objetivam eficiência e transparência na administração do prefeito Arthur. Custos administrativos serão reduzidos com a utilização dos sistemas", finaliza Praia.

Via: D24am