Rede Cidade Digital, O que é Cidade Digital? Como funciona uma Cidade Digital? Como implementar Cidades Digitais? Lista das Cidades Digitais, Mapa das Cidades Digitais, Benefícios de uma Cidade Digital, Programa de Cidades Digitais do Governo Federal

Rede Cidade Digital - Orçamento Participativo: prefeitura de Porto Alegre lança ferramenta online
Orçamento Participativo: prefeitura de Porto Alegre lança ferramenta online

09/08/2018 15:36h

Orçamento Participativo: prefeitura de Porto Alegre lança ferramenta online

Sistema será adotado nas próximas edições do programa

Uma ferramenta online que promete aprimorar a participação popular em demandas da cidade foi lançada pela prefeitura de Porto Alegre. O governo municipal passará a adotar o sistema para as próximas edições do Orçamento Participativo (OP), mas a plataforma pode também ser usada em outras ações. O lançamento oficial ocorreu na segunda-feira (6) durante a última plenária do OP de 2018.

No momento, é possível apenas realizar debates sobre o Plano de Mobilidade Urbana da Capital. A plataforma será testada pelo governo ao longo do ano. A ideia é que, nos próximos meses, qualquer cidadão possa acessar a ferramenta, pelo endereço opdigital.prefeitura.poa.br, e, depois de fazer o cadastro, propor e votar demandas que ache relevante para a cidade.

Para ser levado adiante e ser abordado em reuniões do Orçamento Participativo, o projeto precisa ter um número mínimo de apoiadores, ainda não estabelecido pela prefeitura.

A ferramenta foi apresentada depois de uma parceria fechada pela prefeitura com o governo de Madrid, na Espanha. A intenção é trazer a plataforma digital para Porto Alegre e levar as reuniões presenciais, a exemplo das realizadas pela OP, para a cidade europeia, que trabalha, até o momento, apenas com o meio online, o Decide Madri.

Conforme o vice-prefeito Gustavo Paim, o objetivo é retomar a confiança da população no Orçamento Participativo.

Segundo ele, o governo municipal vem tentando reverter os números do projeto: ao encerrar as reuniões de 2018, a prefeitura se comprometeu com a execução, ao longo do ano, de 101 demandas — de acordo com Paim, de 2004 a 2007, eram cumpridos cerca de 240 projetos por ano, e de 2012 e 2016, o número caiu para cerca de 70 a cada ano.

Via: GaúchaZH