Ir para conteúdo

1.700 alunos recebem laboratório móvel de informática em Guarulhos

Computador portátil permite o acesso à internet e possui softwares educacionais que podem ser utilizados em atividades para diversas disciplinas

menina

OUÇA O ÁUDIO

Os alunos da EPG Tom Jobim de Guarulhos tiveram uma terça-feira (5) bastante animada. Com olhares curiosos, receberam os netbooks do Plug, programa de inclusão digital municipal de crianças do ensino fundamental da prefeitura. 

A escola foi a 24ª da cidade a ingressar no programa, que começou no dia 11 de outubro. A previsão é de que todas as 120 instituições com alunos do ensino fundamental sejam atendidas até o fim do ano.

A quantidade dos netbooks enviada para cada escola depende do volume de estudantes. No caso da EPG Tom Jobim, por serem em torno de 1.700, foram entregues 80 equipamentos.

Ao todo, 56 mil estudantes do ensino fundamental farão parte do programa.

Cada computador portátil permite o acesso à internet e possui softwares educacionais que podem ser utilizados pelos professores para a realização de atividades em diversas disciplinas. Entre elas, matemática, português, ciências e desenho.

“Alguns amigos da sala de aula têm dificuldade em matemática. Com esses games, ficará muito mais fácil para eles entenderem os exercícios”, animou-se Eduardo Santos, 11 anos.

“Adorei poder desenhar e escrever na tela do computador. As aulas de matemática e português ficarão mais interessantes”, disse Ketheleyn Diego.

Crianças são digitais e o uso de tecnologia é necessário, diz secretário

Para Paulo César Matheus da Silva, secretário municipal da educação, não dá mais para imaginar as crianças dentro da sala de aula de uma forma analógica.

“A tecnologia está fortemente presente no nosso dia a dia, e as crianças não podem ficar de fora desse processo. Tenho um filho de dois anos que, se eu entregar um netbook em suas mãos, certamente saberá como fazer”, comentou.

Com os netbooks, Silva acredita que os professores terão mais liberdade e elementos para promover uma “série de descobertas para as crianças. ”

“Eles serão um rico instrumento de pesquisa para permitir que o aluno faça uma série de experiências pela internet”, explica.

Durante as aulas, cada estudante receberá um equipamento para fazer suas atividades, sem a necessidade de compartilhamento com algum colega.

“O fato de não termos de ficar presos a uma sala de aula também facilitará bastante a realização de atividades, já que os computadores são portáteis. Os alunos podem levar os equipamentos para uma aula no jardim ou em qualquer espaço lugar da escola”, ressaltou Maria de Fátima Ximenes, diretora da EPG Tom Jobim.


Fonte: R7

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 252 - Centro

CEP: 80.010-010

Telefone: (41)3015-6812

caracteres restantes