Ir para conteúdo

Bagé aposta na tecnologia e distribui tablets para Agentes Comunitários

Bagé tablet

OUÇA O ÁUDIO

A Prefeitura de Bagé (RS), por meio da Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência iniciou, no dia 02 de abril, o processo de entrega de tablets, cases e canetas pen, aos 132 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) do município. O dispositivo será usado para dar agilidade ao processo realizado pelos profissionais, garantindo, assim, melhor gestão da saúde na cidade, em virtude das informações que poderão ser disponibilizadas por meio do novo sistema.

A aquisição dos equipamentos é oriunda de Emendas Parlamentares dos Deputados Afonso Hamm e José Stédile. Cada tablet terá instalado o aplicativo de uso nacional e-SUS Atenção Básica, responsável por armazenar todas as informações colhidas pelos agentes, que antes eram realizadas apenas através de fichas de papel. Para a criação deste aplicativo, foram considerados aspectos relacionados ao conforto, à segurança e à usabilidade da ferramenta dentro da realidade do processo de trabalho desses agentes.

Segundo o secretário de Saúde, Mário Mena Kalil, espera-se que, com a aquisição dos equipamentos, seja aperfeiçoado o atendimento aos usuários da Rede SUS, com maior qualidade e eficiência, trazendo benefícios, tais como: a eliminação das fichas de cadastro das famílias, eliminação do processo auxiliar de digitação do cadastro, considerando o uso do CDS; redução no armazenamento de fichas de papel dentro da UBS; aumento na velocidade de compartilhamento de informação com o restante da equipe e; redução no tempo de cadastramento e atualização dos cadastros da população no território.

“Esse novo recurso, além de agilizar o trabalho dos profissionais, vai atualizar mais rapidamente os dados de cada usuário do SUS de Bagé, possibilitando que a gestão municipal identifique e resolva de maneira mais eficaz, os principais problemas enfrentados pela população”, revelou Mena.

A coordenadora dos ACS, Josiane Barbosa, ressaltou a importância do recurso para a execução das atividades das equipes. “O uso do dispositivo vai facilitar o processo de trabalho, promovendo agilidade, integração e melhoria na qualidade de informações e alimentação do sistema. É uma forma de valorizar o importante papel dos agentes para a saúde da população, potencializando ainda mais os serviços”, agradeceu, destacando, ainda, que é mais uma conquista da classe nessa gestão, pois Bagé é uma das poucas cidades gaúchas que está efetuando o pagamento do piso nacional da categoria, além de oferecer uniformes e protetores solares aos agentes.

O deputado federal Afonso Hamm, falou da grande satisfação em poder ajudar de uma forma significativa a saúde de Bagé. “Enviamos uma emenda de R$ 570 mil para o município e uma parte desse recurso é justamente a compra desses tablets, que são equipamentos para melhorar todo o controle e acompanhamento por cada agente comunitário de saúde. Então esses profissionais que visitam as famílias, vão poder tabular dados e consolidar os registros. Isso vai melhorar a qualidade da saúde e principalmente do atendimento. Quem ganha é a população”, avaliou.

O profissional Ivan Cássio de Moraes Chaves acredita que o equipamento vai facilitar o trabalho de todos ACS, pois atualmente eles utilizam fichas de coleta preenchidas manualmente para posterior digitalização e alimentação da base nacional de dados. “Esse cadastramento manual, toma parte significativa do tempo dos agentes, prejudicando o desenvolvimento de outras atividades de impacto na saúde. Com certeza é um grande ganho para a nossa equipe, estou muito feliz”, disse.

Em sua fala, o prefeito Divaldo Lara destacou a importância da data para os agentes comunitários de saúde. “Estamos completando nosso trabalho e os compromissos com essa categoria. Pagamos o piso nacional, uma das poucas cidades do Estado a conceder esse tipo de gratificação, e também estamos realizando a entrega dos tablets para o dia a dia dos agentes de saúde. Isso vai permitir maior agilidade e atenção às famílias e a criação de um banco de dados de todas as famílias atendidas. Esses profissionais têm papeis muito importantes na nossa comunidade, principalmente trabalhando para diminuirmos os índices da mortalidade infantil em nossa cidade”, enfatizou.

Ainda durante a entrega, Divaldo parabenizou os agentes pelo trabalho desenvolvido. “Fico muito feliz em vê-los contribuindo para que a saúde do município se desenvolva cada vez mais. Queria que vocês continuassem com essa visão, de inovar e melhorar o serviço. Que esse seja um ano de muito trabalho e muita motivação”, disse o chefe do Executivo.

O titular da Saúde também parabenizou a equipe e ressaltou que o trabalho do município está em conformidade com as exigências e orientações do Governo Federal. “Todo o sistema está em conformidade com as exigências do Ministério da Saúde, que estabeleceu como metas a informatização da saúde e o investimento no trabalho de prevenção, que é exatamente o trabalho dos agentes de saúde”, comentou.

Os agentes participam, de oito a 23 de abril, de um processo de capacitação profissional, e, ao final deste período, receberão os dispositivos.

Como funciona

Os equipamentos contêm o sistema da Atenção Básica, que será alimentado pelos ACS durante as visitas. Até então, os agentes preenchiam manualmente as planilhas e, depois, lançavam os dados no sistema. Agora, como os dados serão preenchidos e lançados apenas uma vez, a produtividade será aumentada, assim como a qualidade do atendimento, uma vez que os agentes, enfermeiros e médicos terão mais informações sobre o histórico dos pacientes.

Outro fator relevante da informatização dos dados é a possibilidade de monitoramento do desempenho dos agentes.

 


Fonte: Prefeitura de Bagé

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 252 - Centro

CEP: 80.010-010

Telefone: (41)3015-6812

caracteres restantes