Ir para conteúdo

Câmara aprova implantação de 'bueiros inteligentes' em Santos

Projeto prevê melhorias no escoamento de água das chuvas, evitando enchentes

bueiros

OUÇA O ÁUDIO

Um projeto de lei (0012/2019) aprovado na Câmara de Santos (SP) propõe a implantação de 'bueiros inteligentes' na cidade, com o propósito de melhorar o escoamento de água das chuvas, especialmente em locais que sofrem com enchentes. Na prática, os bueiros receberão uma espécie de cesto feito de material termoplástico, que serve como uma peneira para filtrar materiais sólidos.

O PL integra o Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que determina que todos os municípios tracem programas para a gestão de detritos.

A autoria do projeto é do vereador Jorge Vieira (PSDB), o Carabina. O texto explica que, com este sistema instalado no interior dos bueiros, a caixa coletora permite a passagem da água, recolhendo o lixo e qualquer tipo de material sólido.

Caberá ao órgão responsável pela limpeza urbana realizar a retirada das caixas coletoras para limpeza, trabalho que também será facilitado pelos 'bueiros inteligentes', uma vez que dispensa a limpeza dos bueiros por dentro.

Ainda de acordo com a propositura, o maior causador de entupimentos em bueiros é o descarte irregular de lixo, objetos descartados indevidamente nas ruas. Carabina ainda ressalta que as enchentes são causadas, muitas vezes, porque a água não consegue escoar, devido ao lixo acumulado nos bueiros.

"O bueiro é uma parte do sistema de esgoto que está do lado de fora das casas, portanto, a responsabilidade pela sua manutenção é do órgão público competente. Porém, evitar o entupimento nos bueiros depende de todo o coletivo, conscientizando o cidadão a fazer a sua parte e educar as crianças desde cedo sobre o descarte correto do lixo", diz o texto aprovado em discussão.

A ideia veio da Capital, São Paulo. Os cestos empregados dentro dos bueiros já fazem parte do sistema de drenagem da cidade, e são informatizados. Lá, um software avisa quando os cestos, ou caixas coletoras, estão próximos do limite, precisando de limpeza.

A limpeza é feita em minutos, e os 'bueiros inteligentes' trazem as seguintes vantagens: impede que o lixo vá para rios e córregos, afetando diretamente o meio ambiente; incentivo à sustentabilidade; aumento da produtividade, pelo atual modelo de limpeza permitir que, no máximo, um ou dois bueiros sejam limpos por hora, enquanto o novo sistema eleva esse número para 20; melhoria nas condições de trabalho das pessoas que fazem a limpeza urbana, já que elas não precisam ter contato com o lixo ou carregar peso.


Foto: Divulgação

 


Fonte: A Tribuna On-line

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 252 - Centro

CEP: 80.010-010

Telefone: (41)3015-6812

caracteres restantes