Ir para conteúdo

Fórum de Cidades Digitais da RMC reúne 30 municípios em Fazenda Rio Grande

Prefeituras e empresas compartilham soluções para as localidades

07

OUÇA O ÁUDIO

Transformar a Região Metropolitana de Curitiba em um grande polo competitivo, frente a centros como São Paulo e Santa Catarina, passa pela modernização dos municípios. Formas de utilizar a tecnologia que auxiliem nesse processo foram tratadas durante o Fórum de Cidades Digitais realizado em Fazenda Rio Grande, nesta quinta-feira (7). Representantes de 30 municípios participaram do encontro promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Fazenda Rio Grande. 

Segundo o prefeito de Fazenda Rio Grande, Marcio Wozniack, planejar a mobilidade urbana é um dos desafios do município de aproximadamente 140 mil habitantes. Entre os projetos para melhorar a conectividade, o prefeito cita o investimento em fibra óptica para interligar os prédios públicos, o reconhecimento facial nas escolas do município, a disponibilização de um aplicativo para receber as demandas da população e o uso de câmeras de monitoramento com tecnologia de identificação de placas no trânsito. “Em pouco mais de 30 dias foram apreendidos 12 veículos roubados. A tecnologia ajuda muito”, destaca o prefeito de Fazenda Rio Grande. 

Wozniack é também o atual presidente da Associação de Municípios da RMC (Assomec). Ele destaca que o foco é criar incentivos para novas tecnologias e atração de indústrias “Fazenda Rio Grande e os demais municípios têm que despertar para essas ferramentas que trazem economicidade”, acrescenta o prefeito. 

O município sede do III Fórum de Cidades Digitais da Região Metropolitana de Curitiba também conta com um projeto de desenvolvimento envolvendo poder público e sociedade civil organizada. “Precisamos nos reinventar. Queremos que FRG seja uma cidade de negócios, utilizando a tecnologia como um instrumento facilitador”, aponta o presidente da Associação Comercial e Industrial de Fazenda Rio Grande (ACINFAZ), Gastão Fabiano Gonchorovski.

Outra ação de governança regional envolvendo entes públicos e privados é o Pró-Metrópole - Programa de Desenvolvimento Produtivo Integrado da Região Metropolitana de Curitiba, que busca o desenvolvimento socioeconômico dos 29 municípios integrantes da ASSOMEC. 

O presidente da iniciativa, Hélio Bampi, também vice-presidente da Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), falou da importância do investimento em tecnologia nas localidades, acompanhando a evolução da indústria 4.0, que reúne as principais inovações no campo da automação, controle e tecnologia da informação. “E as cidades digitais se encaixam nesse espírito de desenvolvimento”, observou.

Modelos nos municípios – Araucária e Agudos do Sul foram destaques do encontro desta quinta na ACINFAZ, apresentando iniciativas que estão otimizando a administração. Enquanto Araucária conta com diversos investimentos na Educação, Agudos do Sul se prepara para lançar neste mês um aplicativo com mais de 100 serviços aos moradores. 

A prefeita de Agudos do Sul, Luciane Teixeira, também comentou sobre a necessidade do uso de ferramentas tecnológicas que aproximem Prefeitura e cidadão, especialmente na cidade de quase 10 mil habitantes onde 65% da população reside na zona rural. “É um importante instrumento para dar agilidade na nossa administração, com o nosso produtor rural conectado. É dessa forma que se viabiliza a transparência”, frisa a prefeita. 

Projeto Inovador – Almirante Tamandaré, Araucária, Fazenda Rio Grande, Lapa, Pinhais, Quatro Barras e Mandaguaçu receberam o título de Projeto Inovador, por ações implantadas em 2018.  “Esse reconhecimento é uma forma de valorizar os gestores que entendem a importância do uso da tecnologia para melhorar a vida das pessoas ao mesmo tempo em que pode inspirar os demais municípios na resolução dos mais diversos problemas”, frisa o diretor da RCD.

O III Fórum de Cidades Digitais da Região Metropolitana teve o patrocínio ouro da 1DOC, GOVBR, Inovadora Sistemas, CTMGEO, WNI – soluções em conectividade e Sigma Telecom; prata do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI) e da Betha Sistemas; bronze da PlayTable, além do apoio da ACINFAZ, da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (ASSOMEC), da Associação Brasileira de Empresas de Soluções de Telecomunicações e Informática (ABEPREST) e da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação - regional Paraná (ASSESPRO-PR).

 

Autor: Sharlene Sarti
Fonte: Rede Cidade Digital

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 252 - Centro

CEP: 80.010-010

Telefone: (41)3015-6812

caracteres restantes