Ir para conteúdo

SP: Prefeitura fecha parceria com operadoras para disponibilizar app gratuito em Libras

Novidade vai atender 130 mil surdos

libras

OUÇA O ÁUDIO

Usuários surdos que usam o aplicativo Central de Intermediação em Libras (CIL) não vão mais utilizar seus pacotes de dados para acessá-lo. Essa novidade, inédita na cidade de São Paulo, vai permitir aos deficientes auditivos tirarem suas dúvidas sobre qualquer serviço oferecido pela Prefeitura sem ter que pagar por isso.

“Eu sou a Adriana, intérprete de libras da Prefeitura de São Paulo, como posso ajudar vocês?”, diz a atendente, que traduz a pergunta de Eduardo Tetamanti, de 35 anos. Em seguida, além de tirar dúvidas, ela o auxilia a fazer pequenos serviços, como ligar para reagendar uma consulta médica,  por exemplo.

Eduardo aprovou a iniciativa. “Eu vejo grande importância para a comunidade surda não utilizando os dados móveis porque, na utilização da vídeo chamada a internet vai embora muito rápido, então algumas pessoas não tem condições de assumir com os custos dessa internet. Então há uma necessidade de, em diversos locais, como hospitais, INSS e outros departamentos da cidade de São Paulo é muito importante existir essa gratuidade.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), explica que a novidade vai atender uma população de 130 mil surdos. “Nós fizemos esse contrato com as principais operadoras, que fizeram, por um preço bem abaixo do praticado no mercado, para que a prefeitura possa garantir a essa população o acesso a esse serviço tão importante que significa traduzir, em libras, ou seja, à população surda, os serviços que são prestados na cidade de São Paulo, em especial os da área da saúde.”
 

Foto: Reprodução/YouTube

 

 


Fonte: Jovem Pan

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 252 - Centro

CEP: 80.010-010

Telefone: (41)3015-6812

caracteres restantes