Ir para conteúdo

Prefeituras gaúchas aceleram investimento em tecnologia contra crise do coronavírus

Prefeitos e gestores compartilham soluções em evento online promovido pela Rede Cidade Digital

Webinar RS

OUÇA O ÁUDIO

O enfrentamento da pandemia passa pela transformação digital dos municípios. A afirmação é de prefeitos e gestores públicos que participaram nesta terça-feira (23) pela manhã do Webinar das Cidades Digitais da Serra Gaúcha, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD), para compartilhar as medidas tecnológicas tomadas neste momento nas cidades.

“Os modelos apresentados mostram que tanto as pequenas cidades quanto as maiores não podem deixar a tecnologia de lado, principalmente neste momento, aliando a comunicação neste processo. Nas cidades menores, as pessoas precisam e carecem de uma comunicação eficiente e um serviço de qualidade”, disse o diretor da RCD, José Marinho. “Os convidados deram exemplos e modelos muito importantes que, não tenho dúvida, irão inspirar as demais prefeituras a buscarem soluções”, completou. 

Apresentado pela jornalista e diretora da S. Clara Comunicação, Valdireni Alves, o evento online e inédito trouxe as iniciativas de Campo Bom, Canela, Boa Vista do Sul e Porto Alegre, além da participação de especialistas em comunicação e contratos públicos. “As lives têm sido uma ferramenta importantíssima para nos aproximarmos do cidadão, levando informações, as questões legais, os decretos e podendo ter uma sintonia dentro das ações que o município está vivenciando”, comentou o prefeito de Campo Bom, Luciano Orsi, informando o início do uso de telemedicina para atendimento da população a partir de Julho. 

Com apenas cerca de três mil habitantes, Boa Vista do Sul é exemplo de como a tecnologia é importante também para conectar os moradores do campo. Segundo o prefeito Aloísio Rissi, representante da Associação de Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) no evento, a Prefeitura Municipal subsidiou a implantação da fibra óptica nas propriedades rurais. “Pelo menos estamos preparados. É também um estímulo ao jovem que permanece na propriedade, possibilitando a busca de conhecimento, o trabalho dos técnicos da Emater também, fazendo com que as pessoas tenham essa tecnologia na mão”, ressaltou o prefeito, destacando a importância da conectividade para a execução dos trabalhos no município em áreas como Educação e Saúde. 

A pandemia também está acelerando a implantação de diversos projetos estratégicos nas cidades. Em Canela, o diretor de Tecnologia de Informação, Eduardo Macedo, cita o esforço inicial para que os servidores públicos tivessem acesso aos sistemas municipais de suas casas e a disponibilização de plataformas para Saúde, Educação, Turismo, Cultura, entre outras áreas. “Acho que as Prefeituras agora irão ter uma compreensão maior da importância das Tecnologias da Informação e Comunicação. Até esse momento muitas não utilizavam essa infraestrutura como gestão”. 

Inteligência - Para o presidente da Companhia de Processamento de Dados de Porto Alegre (Procempa), Paulo Miranda, as cidades precisam criar um comitê de gestão de crise, colocando a tecnologia como imprescindível para conter o crescimento do coronavírus. “Pela complexidade de enfretamento só teremos resultados se tivermos sistemas para tratar essas informações e utilizá-las para orientar a tomada de decisão”. 

A assessora de comunicação da Associação de Municípios da Serra Gaúcha (Amserra) também lembrou que os profissionais de imprensa têm um papel fundamental neste momento de crise. “As fake news têm sido um dos maiores problemas, então as assessorias estão para os veículos de imprensa como uma fonte mais confiável. Esse é o papel do assessor: passar informações verdadeiras, claras e objetivas. Isso faz com que os profissionais de comunicação se tornem cada vez mais ágeis”, analisou a jornalista. 

O especialista em Direito Administrativo e Contratos Públicos, Marcel Fracaro, frisou que o setor de licitações e contratos também foi fortemente impactado durante a pandemia. “Nunca foi tão exigido que as contratações fossem realizadas de forma rápida e eficiente, garantindo que produtos e serviços essenciais para população chegassem a tempo de salvar vidas”, observou. 

De acordo com ele, com a automatização das rotinas e atividades, dentro de uma gestão dos contratos públicos, é possível saber quanto de cada produto/serviço contratado será efetivamente correto para a demanda do município. “É possível acessar remotamente todas as informações referentes aos saldos contratuais disponíveis para adquirir novos produtos, se ainda há prazos para solicitar novos equipamentos, se existem medidas jurídicas que possam acelerar o processo de contratação e também, no caso de uma eventual necessidade de realizar um novo procedimento licitatório, o prefeito vai saber com antecedência quando iniciar esse processo, impedindo que o fornecimento de alguns bens e serviços seja interrompido”, esclareceu Fracaro. 

O evento na íntegra estará disponível a partir desta quinta-feira no canal da Rede Cidade Digital no YouTube: https://www.youtube.com/rcdcom. O Webinar das Cidades Digitais da Serra Gaúcha contou com a parceria da S. Clara Comunicação e da STG Soluções, além do apoio das Associações de Municípios Amserra (Turismo da Serra) e Amesne (Encosta Superior do Nordeste). 

 

Autor: Sharlene Sarti
Fonte: Rede Cidade Digital

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 252 - Centro

CEP: 80.010-010

Telefone: (41)3015-6812

caracteres restantes