Ir para conteúdo

Programa PPP Piauí Cidades Inteligentes lança edital

Prefeituras terão assessoria da Suparc para estruturarem estudos de viabilidade técnica e financeira para licitar e contratar PPPs

PPP Piauí

OUÇA O ÁUDIO

As prefeituras do Piauí interessadas em participarem do Programa PPP Piauí Cidades Inteligentes já podem acessar o edital com as regras para credenciamento. O lançamento aconteceu na sexta-feira (12) e os documentos ficarão disponíveis pelos próximos 30 dias. A previsão da Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc) é concluir, ainda neste primeiro semestre, os estudos de viabilidade técnica das possíveis parcerias público-privadas (PPP) nas primeiras cidades selecionadas.

Segundo o edital, que já está disponível em www.pi.gov.br, inicialmente serão definidos seis lotes com dez cidades contempladas. As prefeituras terão assessoria para estruturarem estudos de viabilidade técnica e financeira para licitar e contratar PPPs nas áreas de energia solar, resíduos sólidos, iluminação pública, telecomunicação, abastecimento de água e esgotamento sanitário.

“O Piauí não tem, hoje, nenhum município que se enquadre no conceito de cidade inteligente, que é aquela que otimiza a utilização de recursos através do uso de recursos tecnológicos, integra serviços, investe na qualidade de vida dos cidadãos e promove o desenvolvimento econômico, preservando o meio ambiente. Na prática, a cidade é pensada de forma estratégica, para que quem vive lá tenha serviços públicos eficientes e não precise buscar outro lugar para viver”, explica a superintendente Viviane Moura, reforçando que não se trata da privatização de bens e serviços públicos, mas apenas da transferência da gestão para a iniciativa privada.

No primeiro momento, a ideia é trabalhar o projeto em cidades com mais de 10 mil habitantes e, na sequência, contemplar as cidades menores. “Essa lógica aumenta as nossas chances de contratação, já que teremos cidades com contratos em vigor é isso permitirá ganhos em escala, dando a todos a possibilidade de desenvolvimento igual ”, explica Viviane Moura, destacando que também é possível que cidades participem por meio da formação de consórcios municipais.

O prefeito Edson Vilela, da cidade mineira de Carmo do Cajuru, que tem cerca de 24 mil habitantes, implantou o projeto Cidade Inteligentes há menos de dois anos e já começa a colher os resultados.

“Temos mais de 96% do território da cidade com com iluminação pública eficiente, com placas solares, incluindo a zona rural. A concessionária também já iniciou a implantação de cabos de fibra ótica para posterior implantação de vídeo monitoramento na rua, inclusive com identificação facial, através de um centro de controle”, diz prefeito Edson.

Ele finalizou destacando que a assessoria técnica foi essencial para elaboração de marcos regulatórios que modernizaram a legislação e para a identificação de atrativos que despertaram o interesse da iniciativa privada em investir na cidade.

Os prefeitos interessados podem agendar reuniões individuais para esclarecer dúvidas, através do e-mail gestão@ppp.pi.gov.br.

 


Fonte: GP1

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 252 - Centro

CEP: 80.010-010

Telefone: (15)99714-0329

caracteres restantes