Ir para conteúdo

RCD Cidades aborda como as Prefeituras devem elaborar um Plano Diretor de Tecnologia da Informação

PDTI é o primeiro passo para implantação de uma cidade inteligente. Entrevistado é o Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros, do departamento de Computação da Universidade de Londrina (UEL)

PDTI RCD Cidades

OUÇA O ÁUDIO

O desenvolvimento das cidades passa pela elaboração e implantação de um Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI), que direcione as políticas de modernização e de transformação digital da administração pública. Para auxiliar as Prefeituras, o RCD Cidades desta quinta-feira (01/04), que vai ao ar às 10 horas, traz dicas e tira dúvidas dos gestores municipais sobre como elaborar o documento.

O convidado do programa de entrevistas da Rede Cidade Digital (RCD), conduzido pelo diretor José Marinho, é o Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros, do departamento de Computação da Universidade de Londrina (UEL).

Segundo Barros, o primeiro passo para tornar as cidades mais conectadas e eficientes é colocar a tecnologia como uma área estratégica dentro dos governos municipais. “Se a Prefeitura quer arrecadar mais, fornecer um serviço melhor para os munícipes, se ela quer ser cidade digital e inteligente, é preciso reposicionar a área dentro do organograma da Prefeitura. É preciso ter governança e uma gestão de ti muito boa”, ressalta. “É tudo uma questão de tomada de decisão. Tem que estar bem estabelecido dentro das Prefeituras”, observa.

O especialista explica que o PDTI é importante para realizar um diagnóstico da administração municipal, indicando as necessidades e o caminho para o planejamento da cidade. “A gente analisa os pontos fortes e fracos. A partir dali a gente faz muitas entrevistas e reuniões para saber como os demais funcionários enxergam a área de TI”, conta o professor sobre o trabalho de apoio aos municípios realizado pela UEL através da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual de Londrina (FAUEL).

Ainda de acordo com ele, a continuidade do planejamento estratégico de TI, muitas vezes, esbarra na troca de governo. “As políticas que um PDTI deve gerar tem que ser algo concreto. Qualquer planejamento requer um comprometimento da organização como um todo. Se não tiver uma participação efetiva dos secretários e do prefeito fica um pouco frágil o processo”, argumenta.

Para participar ao vivo do RCD Cidades é preciso inscrever-se gratuitamente pela plataforma: http://sympla.com.br/rcd . “O programa é feito especialmente para inspirar, contribuir e levar o máximo de informações e conhecimentos que impactem positivamente na formulação de políticas públicas. O foco deve ser sempre no cidadão e na melhoria na qualidade de vida, tornando cada localidade no melhor lugar do mundo para se viver”, ressalta o diretor da RCD, José Marinho.

Serviço:

RCD Cidades – PDTI - o primeiro passo para implantação de  uma cidade inteligente

01/04, às 10 horas

Inscrições gratuitas:

http://sympla.com.br/rcd

 

Autor: Sharlene Sarti
Fonte: Rede Cidade Digital

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 252 - Centro

CEP: 80.010-010

Telefone: (41)3015-6812

caracteres restantes