Ir para conteúdo

Sistema Jundiaí de Inovação: Pesquisa faz apontamentos para cidade

jundiaí vista nortura

OUÇA O ÁUDIO

Desburocratização, formação de jovens talentos, uso de tecnologia para alavancar a economia da cidade, atrair mais empresas, implementar no currículo escolar empreendedorismo e apoio tecnológicos para o pequeno empreendedor foram algumas das sugestões dadas pelos participantes da pesquisa digital e que irão contribuir para a estruturação do projeto de Lei do Novo Sistema Jundiaí de Inovação.

A pesquisa terminou no dia 6 e contou com 482 participantes, destes, 52% da faixa etária de 25 a 44 anos. A região Oeste da cidade com 132 participantes foi a região que mais opinou, com cerca de 27,39%, seguida da Sul (17,84%) e Centro (13%).

“A participação das pessoas é muito importante. Jundiaí foi eleita recentemente, pela consultoria Macroplan, a segunda melhor cidade para viver. Nossa missão é manter a cidade entre as melhores e planejar os próximos anos, como estamos fazendo agora com o novo sistema de inovação. Com esse projeto de lei, Jundiaí reforma o seu protagonismo. Se o momento é de crise, Jundiaí quer se antecipar e sair na frente. Não dá para falar em desenvolvimento, sem incluir as pessoas. Vamos avançar e desenvolver, incluindo as pessoas e fizemos isso com essa pesquisa. A opinião de todos nos ajuda a construir este novo marco legal”, explicou Luiz Fernando Machado.

Segundo o gestor de Governo e Finanças, ouvir a população já é uma marca do governo. “Quem não entender o presente e não construir uma ponte para o futuro será atropelado pela nova realidade. O sistema de inovação vai antecipar cenários futuros e isso é fundamental para o atendimento qualitativo das mais diferentes áreas, dentre elas, saúde, educação, transporte, segurança, desenvolvimento social, econômico e ambiental e outras. Inovação não é só tecnologia, é integrar todas as políticas públicas em busca de melhorar a qualidade de vida das pessoas. A pesquisa aponta um norte do que as pessoas almejam”, salienta Parimoschi.

Para o gestor de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Cristiano Lopes, Jundiaí deu exemplo com a audiência pública e a pesquisa digital de transparência e de construir uma nova lei com a participação de todos. “Estamos construindo o futuro de Jundiaí de forma conjunta. Seguimos trabalhando, visando a retomada econômica, a internacionalização da economia da cidade e a criação de ambientes de negócios mais propícios ao empreendedorismo e à inovação, como nos foi encomendado pelo prefeito Luiz Fernando. A audiência e a pesquisa nos ajudarão nisso, a caminhar de encontro com os anseios da sociedade”, afirma.

Na pesquisa, os participantes votaram por investimentos para criação de um Distrito Tecnológico Inteligente; programas de mentorias especializadas para o empreendedorismo digital; inserir temas ligados ao empreendedorismo, tecnologia e inovação na educação infantil e fundamental; cursos profissionalizantes a jovens em busca primeiro emprego, convênios de cooperação tecnológica e parcerias com iniciativa privada, cooperação com startups e pequenas empresas de base tecnológica para melhoria da gestão municipal, simplificação legislativa e melhoria do ambiente de negócios ligados à CT&I entre outros.

Além de Jundiaí a pesquisa teve participações de pessoas de São Paulo, Itatiba, Itu, Manaus-AM, Blumenau_SC, Campinas, Vinhedo, Várzea Paulista, Franca Indaiatuba e Louveira, entre outros.

As sugestões feitas na pesquisa balizarão o projeto de Lei que prevê a criação de um Sistema de Inovação para o município implementar uma agenda de desenvolvimento, que leva em conta programas de apoio e estímulo a startups e empresas com espírito inovador; projetos e pesquisas acadêmicas para aumentar a produtividade por intermédio da ciência e da tecnologia; modernizar a gestão municipal, além de criar espaços públicos destinados ao empreendedorismo de base tecnológica.

Foto Prefeitura de Jundiaí


Fonte: Prefeitura de Jundiaí

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 252 - Centro

CEP: 80.010-010

Telefone: (41)3015-6812

caracteres restantes