Ir para conteúdo

Turvo se destaca no 9º Congresso de Cidades Digitais e Inteligentes com o Programa Turvotech

Turvotech

OUÇA O ÁUDIO

Foto: Divulgação/Prefeitura de Turvo

Com menos de 15 mil habitantes, a cidade de Turvo, que fica na região central do Paraná, prepara-se para marcar presença no 9º Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes, a ser realizado em Londrina nos dias 23 e 24 de novembro, na Unifil. O destaque ficará por conta do apresentação do Programa Turvotech, formalizado em 2022, que incentiva um ambiente de inovação, por meio de processos e serviços públicos digitais.

O Turvotech é composto por diversas frentes, incluindo a robótica nas escolas, implantação de câmeras de monitoramento nas vias e prédios públicos municipais, digitalização do serviço público, ampliação de acesso à internet com redes de Wi-Fi livre em espaços públicos, processos digitais através da produção, gestão, tramitação, armazenamento, preservação, segurança e acesso a documentos e informações arquivísticas em ambiente digital de gestão documental.

Aplicativo

O prefeito de Turvo, Jeronimo Gadens do Rosario, fará a apresentação do programa Turvotech no Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes, em Londrina.

Segundo ele, tudo começou com um aplicativo, lançado em 2019, oferecendo à comunidade uma gama diversificada de serviços. Hoje, o aplicativo é ponto fundamental do programa Turvotech e garante o acesso de forma facilitada e unificada às informações importantes para os cidadãos, abrangendo áreas como educação, saúde e assistência social.

Os moradores podem conferir seu histórico de consultas, medicamentos retirados na Farmácia Municipal, matrículas escolares, benefícios sociais e atendimentos recebidos, além de realizar solicitações diversas, desde manutenção urbana até serviços de segurança pública. Em breve haverá possibilidade de agendamento de consultas médicas.

Bons resultados

Os resultados do programa Turvotech já são facilmente percebidos. O tempo médio para realização de processos licitatórios, que antes era de 45 dias, foi reduzido para 20 dias, evidenciando a agilidade proporcionada pela digitalização. Além disso, em alguns casos, processos licitatórios foram concluídos em apenas 5 dias, demonstrando a eficiência do novo sistema.

Até outubro de 2023, foram gerados mais de 14.561 processos, com uma estimativa de mais de 400 mil arquivos impressos economizados. A economia direta contabilizada foi de R$ 89.214,22, com um potencial de economia indireta que pode chegar R$ 1.314.073,88, fruto da transição para processos mais eficazes e sustentáveis. Esses cálculos foram gerados por meio da planilha de economia do sistema 1Doc, utilizado para digitalização dos processos administrativos.

O prefeito Jeronimo Gadens do Rosario, destaca que a mudança para o digital não se limitou aos processos administrativos, mas também chegou às escolas. Os professores da rede municipal de ensino receberam capacitação de informática, e atualmente estão aprendendo a elaborar aulas em sistema informatizado, com uma abordagem mais tecnológica, fornecendo aulas interativas e inovadoras, inclusive adaptáveis a situações de distanciamento social.

“A transição para o digital não foi isenta de desafios e ainda atuamos fortemente com objetivo de engajar tanto os servidores quanto a população nessa transformação digital”, pontua o prefeito, completando que o enfoque atual está na orientação, conscientização e educação da população sobre os benefícios proporcionados por essa revolução tecnológica, que visa facilitar o acesso aos serviços públicos e garantir uma administração mais eficiente e transparente.

“A tecnologia e o mundo digital são um caminho sem volta, em especial para o serviço público. Após a pandemia, pudemos sentir de perto a necessidade de facilitar o acesso aos serviços públicos através da tecnologia”, finaliza o prefeito.

Sobre o 9º Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes

O Prefeito estará disponível no 9º Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes para compartilhar experiências e detalhes sobre o Programa Turvotech.

As inscrições para o Congresso são gratuitas para servidores públicos, universidades, entidades e vereadores e devem ser feitas pelo https://www.sympla.com.br/rcd.

Além do caso de Turvo, outros destaques estaduais serão apresentados durante o Congresso. Uma feira de soluções tecnológicas também acontece paralela ao ciclo de palestras. Os gestores poderão conhecer ferramentas voltadas para diversas áreas da administração pública, disponibilizadas pelas empresas 1Doc, CTMGEO, Aprova, IGTECH, Softplan, Evolution Tecnologia Funerária, Voxcity Tecnologia, Placarsoft, Partner Telecom, Instituto das Cidades Inteligentes, Headnet Tecnologia, Sistema Traz Valor e Ahgora.

O evento tem o apoio institucional da governança Londrina Inteligente, Associação dos Municípios do Paraná, Sebrae e das associações regionais de municípios Assomec, Amocentro, Amcespar, CANTU, Amsop, Amunop, Amusep, Amuvi, Comcam, Amop, Amunorpi, Amsulep, Amepar e Amsulpar; Associação das Câmaras Municipais do Sudoeste do Paraná (ACAMSOP). O ibis Londrina Shopping é o hotel oficial do evento. 

Serviço:

9º Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes

Londrina – 23 e 24 de novembro de 2023

Local: Teatro Colégio Londrinense - Unifil

Inscrições gratuitas para servidores públicos, universidades e entidades: http://sympla.com.br/rcd

Informações pelo WhatsApp (41)3015-6812

Autor: Máxima Comunicação / Benê Bianchi
Fonte: Rede Cidade Digital

COMPARTILHE

Rede Cidade Digital

Rua Marechal Deodoro 503 - Centro

CEP: 80.020-320

Telefone: (41)3015-6812

caracteres restantes